Eu começar a te amo de casamento

1/set/2020 - Explore a pasta 'Eu te amo hoje' de REGULARIZA BRASIL - ASSESSORI no Pinterest. Veja mais ideias sobre Mensagens de amor, Frases apaixonadas, Frases românticas. 15) Ande de Mãos Dadas!! Sempre que possível ande de mãos dadas, como eternos namoradinhos, independente da idade, é uma forma linda de dizer eu te amo. Resumindo, valorize a pessoa amada, vocês tem um ao outro para se dedicar pela vida toda. Organizar festa de casamento é superbacana, mas é preciso dedicação nos preparativos para que nada atrapalhe essa fase tão legal. – Começar os preparativos sem planejamento é muito ruim . A primeira coisa é ter um cerimonialista ao seu lado para tirar todas as suas dúvidas, traçar o per­fil da sua festa, te ajudar a seguir um ... Te amo!” Opção 4 “Morro de ansiedade de acordar e adormecer ao seu lado e de juntos celebrarmos o amor todos os dias, neste casamento que será simplesmente maravilhoso. Eu te amo.” Ideias de votos de casamento evangélicos. Em algumas igrejas também é possível optar por recitar os próprios votos de casamento, no lugar do tradicional. Na fase do namoro quando se diz “eu te amo” é que percebemos que o sentimento é profundo, que o relacionamento está amadurecendo e é possível até começar a visualizar os convites de casamento! Mas a verdade é que durante toda a vida juntos elas terão o mesmo efeito, especialmente nos momentos de dificuldade. Quando um encontro entre duas almas gêmeas acontece a primeira coisa que se deseja dizer, do fundo do coração é “eu te amo”. Muitas pessoas consideram essa singela fra um verdadeiro clichê, mas outras não conseguem viver sem falar ela pelo menos uma vez ao dia. Mesmo assim, existem milhões de formas de dizê-la e cada uma difere bastante da outra. Eu quero noivar contigo e logo me casar com você, meu amor. Quero de uma vez conviver contigo todos os dias, te amar mais e mais, cuidar de você e futuramente dos nossos filhos. Serei a melhor pessoa sempre e me esforçarei para que nada lhe falte. Eu te amo demais. Compartilhar O casamento é um momento único na vida de um casal

Título: "O casamento que deu errado"

2020.06.25 13:12 4nders0n Título: "O casamento que deu errado"

olá luba ( Seu lindo ), editores, possível convidado, papelões e turma que está a ver. Hoje vou contar a história de quando um "aminimigo" meu resolveu se casar ( Obs: ainda estávamos entre o 4° e o 6° ano ) então, vamos lá. Lá estávamos nós, em meados de 2017-2019, quando um "aminimigo" meu ( vou chama-lo de carls ) pensou "hmmmmmm quero casar". Então ele chamou uma amiga ( vou chamá-la de forsus ) para se casar com ele, e ela aceitou. O casamento ia ser dali em alguns dias e os preparativos não eram lá essas coisas, os "noivos" estavam animados para o casamento. Com tudo isso em mente só faltava duas coisas 1°quem ia na "festa" ( padrinho, madrinha, etc. ) e 2° onde iria ser.Então, eles resolverem chamar um amigo meu ( vou chama-lo de françus ) para ser o padre uma amiga da "noiva" a( vou chama-la de gablus ),para ser a madrinha e EU para ser padrinho, algo que recusei na hora pois sabia que aquele casamento ia dar cococo. Enfim, era dia do casamento, lá estava o noivo esperando pela noiva, no corredor da escola onde ia ser o casamento, o padre estava lá e a madrinha Também, quanto ao padrinho ( que era para ser eu ) era meu amigo ( vou chama-lo de larls ), estava tudo pronto para começar. Então o françus disse: "carls, você aceita forçus como sua legítima esposa?". Carls: "aceito" e eu estava pensando: ''a meu Deus isso não vai dar certo" Padre: "forçus, você aceita carls como seu legítimo esposo?" Forçus:" então.... não, isso não é pra mim, eu não te amo, só queria chamar atenção para o garoto que eu realmente gosto, desculpa carls" Todos ficaram boquiabertos com a situação, então carls cheio de ódio pegou as alianças ( dos pais dele que ele lavara para escola ) e jogou uma na rua, e outra do outro lado da cerca, e foi aí que a merda realmente aconteceu. Nosso ( agora ) ex-coordenador apareceu do nada no meio do casamento, ( ele era conhecido por ser um dos caras mais bonitos e fodões da escola ) e disse: "um passarinho me contou que ia ter um casamento aqui, mas eu não tô vendo as alianças, onde elas estão carls?" nesse momento todos que estavam presentes sairam correndo desesperados, menos carls que avia sido pego pelo coordenador e sabia que se ferrara mais uma vez. Então carls disse: "se quer as alianças, você vai ter que achar" então o coordenador disse: "tá me desafiando muleque? ok, eu vou achar elas de um jeito ou de outro". Foi dito e feito, ele procurou e achou, depois disso eu ( com toda a minha criatividade ) peguei meu microfone imaginário e comecei a "brincar" de repórter. Daí o coordenador procurou a ex-noiva e quando achou disse:" carls, forçus, vocês vão ser marido e mulher na minha sala" pegou os dois e levou pra sala dele. Forçus saiu apenas com uma advertência por ter desistido do casamento, já carls,saiu com uma suspensão e uma surra da mãe, que foi chamada na escola. É isto lubixco. (edit: o dedo duro nunca foi achado...)
submitted by 4nders0n to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 20:59 Beaaaaaaaaaaaaaa Serei babaca se eu falar que eu acho que minha mãe vai se machucar na relação com o novo namorado?

Bem, vou começar contextualizando um pouco do passado amoroso da minha mãe e o pouco que sei sobre o do namorado dela. Minha mae se casou muito cedo com meu pai (aos 17 anos) e sofreu bastante nessa relação, ja que meu pai traiu ela inúmeras vezes, além de várias chantagens emocionais durante todo o casamento, ate que alguns anos atrás eles se divorciaram pq minha mae não aguentava mais. Beleza. Pelo que sei do namorado dela, ele se divorciou há alguns meses e é ai que mora o problema na minha concepção. Pra mim, esse novo namorado dela (vamos chamá-lo de Zé) só está procurando alguém pra remendar o vazio que antigo casamento dele e vou dizer isso com algumas coisas que andam acontecendo. O Zé do nada deu um anel de compromisso pra minha mãe, eles mal tinham começado a se relacionar, ate onde sei nao havia rolado absolutamente nada romântico entre eles (minha mae sempre me conta tudo) e foi assim que começaram a namorar, 3 dias depois ele ja veio conhecer a família, pouco mais um mês depois ja estava falando de casamento em igreja e cartório, além de ja estar falando eu te amo. O cara nao sai daqui de casa, ja teve dia que minha mae teve de dizer que tinha que trabalhar (em home office) pra ele nao vim. Deu um celular pra ela de aniversário, ta comprando meu irmão com presentes. Eu aceitei ele desde o início, mas depois que reparei nesses quesitos comecei a suspeitar muito e acho que ele só quer consertar o "coração partido" do antigo casamento, aquele típico "só estava te usando". Mesmo que nem ele saiba nao quero que minha mae se machuque nisso tudo. O cara liga pra ela em vídeo câmera todo dia que não vem aqui em casa, acho que isso nao deveria ser normal. Pode ser que tudo isso seja só noia da minha cabeça...
P.s.: Estão há quase dois meses juntos (ela tem 42 e ele 50), e são colegas de trabalho P.s.2: tenho medo tbm de ele ficar controlando ela, tenta fazer ela ser dependente dele sendo que ela é totalmente independente. Agorinha mesmo minha mae reclamou com minha prima que minha prima nao chamou minha mãe pra beber ontem e ele disse "ah, ainda bem que nao chamou pq eu tava ralando ontem de tanto trabalhar e vc ia beber". Questionei ela sobre isso e ela disse "é só brincadeira" mas e se nao for? E se for, onde essa brincadeira vai chegar?
So quero proteger minha mae da maldade do mundo e to com medo de essa relação ser uma delas
submitted by Beaaaaaaaaaaaaaa to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.25 05:43 TinerdI Ela ta brincando comigo ou me ama mesmo?

Ok, eu sei que tudo isso provavelmente vai parecer muito idiota, mas aqui vamos nós: Quase 1 ano atrás, conheci uma garota e começamos a conversar via whatsapp, depois de algumas conversas, eu disse que gostava dela e ela me mandou um GRANDE eu te amo, mas ao mesmo tempo, ela disse que não queria uma relação comigo porque ainda queria ser livre (e muitas coisas nesse sentido) e disse que quando eu e ela começarmos algo que ela sabe que não vai acabar (ela até disse sobre casamento em uma carta que ela deu para minha mãe), basicamente naquele momento eu disse "foda-se, eu não sou burro" e tentei parar de falar com ela. Durante esse período de um ano, ainda conversávamos algumas vezes e nos tornamos bons amigos. Eu parei de gostar dela, basicamente não sentia nada além de amizade por ela. Mas há uma semana, as coisas mudaram, depois de um mês em que não conversamos, ela entrou em minha casa (ela e sua madrinha são amigas íntimas da minha mãe) e nós começamos a conversar de novo, ela disse: "eu quero te beijar" no Whatsapp e também disse: "eu vou tentar ir para o seu quarto" eu só disse "eu quero" porque sou burro. ela não veio porque é muito tímida com adultos próximos (ela tem 17 e eu tenho 19) e mais tarde naquela noite, depois de uma longa conversa, ela me perguntou se eu queria ver seus peitos e eu disse um grande SIM, ela mandou alguns fotos sexys seminuas (mostrando seu corpo, mas cobrindo suas partes íntimas) e ela dizia que me quer, me ama, quer um tempo sozinha comigo etc ... etc ... (eu deveria ter dito isso antes: eu tenho 1,92 de altura e nao sou gordo nem magro nem forte, basicamente eu tenho o que chamam de gordura localizada resumindo eu nao sou atraente para as mulheres e ela é tipo a garota super sexy dos filmes ,só que extremamente inteligente). Bom depois disso eu quero perguntar: ela realmente me ama? ela realmente quer começar alguma coisa ou está apenas brincando comigo porque tem esse poder em mim? Desde já, obrigado (eu acho que nunca me senti tao idiota em toda a minha vida hahahahahha)
submitted by TinerdI to desabafos [link] [comments]


2020.05.01 04:58 policemymom 2 anos. Amo você.

Amor, não tem nada que eu deseje tanto quanto estar com você nesse dia. Nem sei como começar te escrever algo, você é tão especial pra mim que tudo que eu faço ainda é pouco pro amor que eu tenho, não tem como demonstrar exatamente. Você tem sido encantadora desde o dia que te conheci, eu ainda sinto borboletas no estômago quando falo contigo e quando tô prestes a te ver, igualzinho no começo. Nosso relacionamento é melhor que no início e só melhora a cada dia, não existe isso de os começos de namoro são muito bons, pra nós todos os dias são bons. Amo como você preza por isso, xu. Amo como a gente sabe valorizar as pequenas atitudes que são só nossas, tipo dar um boa noite com um roteiro determinado todos os dias (boa noite, dorme bem, bons sonhos, beijinhos, emoji), se ligar pra jogar, assistir séries e filmes juntas. Tudo isso é muito especial pra mim. Eu nunca imaginaria que ia amar tão genuinamente, um amor que emociona e que me faz querer estar perto de ti o tempo inteiro. E agora eu me surpreendo o tempo todo com a sua capacidade de me fazer amar ainda mais. Queria que você entendesse o quanto você é incrível e importante, queria que você se amasse como eu te amo. Você fez toda diferença pra mim esse tempo todo xu. Pode parecer egoista, mas é muito bom saber que eu tenho alguém que se importa comigo talvez mais que consigo mesma (é como eu me sinto em relação a você), me conforta te ter. Você é compreensiva, você tá sempre presente, você me da todo amor que eu preciso. Além de tudo isso, você é alguém que me encoraja. Você me elogia tanto que eu consigo acreditar em umas coisas, você faz com que eu me sinta segura comigo mesma. Tenho certeza que é com você que eu quero estar o resto da minha vida. Amo quando a gente fica fantasiando o dia do nosso casamento e temos até uma playlist pra isso. Amo ver as coisas pela segunda vez pra poder ver contigo. Amo te acompanhar em tudo. Você é minha pessoa preferida, é com você que tenho as melhores piadas internas e os melhores momentos, é em você que eu penso quando vejo ou escuto qualquer coisa que fala de amor. Amo você inteira, não mudaria nada, amo seu jeito de ser. Amo como você é sincera comigo e como nós sempre esclarecemos as coisas uma pra outra. Amor, você é a mulher mais maravilhosa desse mundo. Amo estar com você e conviver todos os dias, descobrir coisas novas de você, coisas que só você diz e só você faz >só você diz “primeiro de conversa” e tem lichia como uma possível fruta favorita<. Amo como você é única e não tem ninguém nem perto de ser parecida contigo. Amo quando você tá mostrando seus talentos, quando você dança é uma das maiores emoções que eu sinto (sério xu, chorei todas apresentações), quando você manda vídeo tocando e cantando, quando você escreve uma poesia. Você é muito boa em tudo o que faz, você é dedicada e é fantástico te ver fazendo algo que você ama, ou te ver falar sobre algo que você ama. É extraordinário quando você se empolga pra me contar algo, eu sempre amo ouvir o que você sabe ou uma história sua. Você é demais de incrível. Demais de engraçada, inteligente e linda. Ter você como namorada é o maior privilégio que eu tenho e espero ter a vida inteira. Eu te amo, nunca duvide disso. Juro estar contigo todos os dias, bons ou ruins, pra te apoiar em tudo e crescer com você. Obrigada pelos nossos 2 anos de namoro, amor. Você tem maestria 7 em ser a melhor namorada do mundo.
Tô morrendo de saudade do seu beijo, abraço e carinho. Quando estivermos perto nós vamos sair pra comemorar essa data mesmo atrasada ok? Prometo.
submitted by policemymom to 2anos [link] [comments]


2020.05.01 04:44 policemymom 2 anos. Amo você.

Amor, não tem nada que eu deseje tanto quanto estar com você nesse dia. Nem sei como começar te escrever algo, você é tão especial pra mim que tudo que eu faço ainda é pouco pro amor que eu tenho, não tem como demonstrar exatamente. Você tem sido encantadora desde o dia que te conheci, eu ainda sinto borboletas no estômago quando falo contigo e quando tô prestes a te ver, igualzinho no começo. Nosso relacionamento é melhor que no início e só melhora a cada dia, não existe isso de os começos de namoro são muito bons, pra nós todos os dias são bons. Amo como você preza por isso, xu. Amo como a gente sabe valorizar as pequenas atitudes que são só nossas, tipo dar um boa noite com um roteiro determinado todos os dias (boa noite, dorme bem, bons sonhos, beijinhos, emoji), se ligar pra jogar, assistir séries e filmes juntas. Tudo isso é muito especial pra mim. Eu nunca imaginaria que ia amar tão genuinamente, um amor que emociona e que me faz querer estar perto de ti o tempo inteiro. E agora eu me surpreendo o tempo todo com a sua capacidade de me fazer amar ainda mais. Queria que você entendesse o quanto você é incrível e importante, queria que você se amasse como eu te amo. Você fez toda diferença pra mim esse tempo todo xu. Pode parecer egoista, mas é muito bom saber que eu tenho alguém que se importa comigo talvez mais que consigo mesma (é como eu me sinto em relação a você), me conforta te ter. Você é compreensiva, você tá sempre presente, você me da todo amor que eu preciso. Além de tudo isso, você é alguém que me encoraja. Você me elogia tanto que eu consigo acreditar em umas coisas, você faz com que eu me sinta segura comigo mesma. Tenho certeza que é com você que eu quero estar o resto da minha vida. Amo quando a gente fica fantasiando o dia do nosso casamento e temos até uma playlist pra isso. Amo ver as coisas pela segunda vez pra poder ver contigo. Amo te acompanhar em tudo. Você é minha pessoa preferida, é com você que tenho as melhores piadas internas e os melhores momentos, é em você que eu penso quando vejo ou escuto qualquer coisa que fala de amor. Amo você inteira, não mudaria nada, amo seu jeito de ser. Amo como você é sincera comigo e como nós sempre esclarecemos as coisas uma pra outra. Amor, você é a mulher mais maravilhosa desse mundo. Amo estar com você e conviver todos os dias, descobrir coisas novas de você, coisas que só você diz e só você faz >só você diz “primeiro de conversa” e tem lichia como uma possível fruta favorita<. Amo como você é única e não tem ninguém nem perto de ser parecida contigo. Amo quando você tá mostrando seus talentos, quando você dança é uma das maiores emoções que eu sinto (sério xu, chorei todas apresentações), quando você manda vídeo tocando e cantando, quando você escreve uma poesia. Você é muito boa em tudo o que faz, você é dedicada e é fantástico te ver fazendo algo que você ama, ou te ver falar sobre algo que você ama. É extraordinário quando você se empolga pra me contar algo, eu sempre amo ouvir o que você sabe ou uma história sua. Você é demais de incrível. Demais de engraçada, inteligente e linda. Ter você como namorada é o maior privilégio que eu tenho e espero ter a vida inteira. Eu te amo, nunca duvide disso. Juro estar contigo todos os dias, bons ou ruins, pra te apoiar em tudo e crescer com você. Obrigada pelos nossos 2 anos de namoro, amor. Você tem maestria 7 em ser a melhor namorada do mundo.
Tô morrendo de saudade. Saudade do seu abraço, beijo e carinho. Quero você logo pra gente comemorar os 2 anos fora da data mas pessoalmente, ok? Amo você júlia, daqui até a eternidade. ❤️
submitted by policemymom to 2anos [link] [comments]


2019.08.28 12:52 Alfre-douh A velha

Em casa de Dora, a foto com o marido que estava na cómoda da entrada acabara de ser colocada para cima. As suas caras jovens e de felicidade cândida, em trajes de casamento, fitavam agora a porta de entrada. Tornara-se um hábito, sempre que Dora estava sozinha em casa a moldura era virada para baixo e sempre que alguém lhe tocava à porta ou saia ela compunha ligeiramente o napperon rendado que lhe servia de base e virava-a para cima. Num ciclo com cada vez mais olhares vazios e cada vez menos felicidade cândida.
Hoje, Dora fazia 75 anos, algo que preferia não acontecesse. O tempo ia-lhe erodindo toda a sua construção deixando-lhe pouco mais que esqueletos de memória. O frio a cada ano se tornava mais intenso e os ossos, já com pouco que os protegesse, mirravam, contorcendo-se em desconforto.
Vestira o seu vestido negro mais bonito, colocara o seu fio de ouro e soltara o cabelo grisalho e ondulado, que escovara demoradamente enquanto fixava o seu olhar baço com aquele que o espelho lhe devolvia.
Ao arranjar-se calculara do seu dia o que podia. Não gostava de surpresas. Odiava-as visceralmente. Odiava a ideia de ter de dissimular alegria espontânea ou singela compreensão, embora com o tempo se tenha tornado excelente nisso. Calcular tinha-a ajudado, ó Deus, todo o seu decaimento tinha-a tornado refinada nessa arte. A dor omnipresente tornara-a gradualmente uma mulher sagaz, ao contrário do que acontece às outras. As outras queixam-se, choram-lhe encima, contam-lhe segredos, revelam-lhe toda uma vida. Ela sorri-lhes, consola-as, percebe-as, profere-lhes frases de esperança e sabedoria oca. Vê-las a perder a dignidade, sentir o desdém que todos os lamentos lhe provocam, à sua maneira, traz-lhe conforto. Ela gosta dessa dose pontual de desespero alheio pois subliminarmente isso valida a equação que resolveu há uns anos: a vida é uma história sem moral. Encostara o ouvido à porta de entrada do seu 1º esquerdo. Naquele prédio, desprovido de elevador, os passos nos degraus de moleanos causavam um ritmo muito distinto que ela auscultava até que ele parasse em estrondo com o bater da porta da rua. Não que lhe fizesse especial diferença, era apenas um hábito. Da mesma forma que calculara grande parte da vida a dimensão dos pontos nos mais diversos tecidos, calculava sempre que podia o que acontecia à sua volta.
Ao sair, trancou a porta com grau de força que os ossos lhe permitiam. O impacto da porta com a aduela ouviu-se pelo prédio, parecendo-lhe criar uma pequena agitação algures, dando-lhe a sensação de que não estava sozinha. O som devolvido em eco parecia não ser aquele a que este lugar comum lhe habituara. Enquanto a chave fazia o canhão da fechadura mover-se olhava para dentro, atenta a uma memória do passado, uma memória guardada num lugar estranho tornado comum. Endireitou o pescoço, e de pálpebras fechadas, encheu o peito de ar e exalou silenciosamente. Ao abri-los novamente teria a certeza que a memória já estaria longe.
Foi então que ao descer o primeiro lanço de escadas se deparou com ela, a surpresa.
"Olá dona Dora! Como está?!" - num segundo muito improvisado, tentou calcular a presença dela ali. A vizinha de cima, a jovem com beleza de flor primaveril (que ela admirava em inveja), agraciava-a com o banal cumprimento cândido e jovial. Esta era, contudo, uma daquelas alturas em que a audição era claramente contrariada pela imagem. Ao olhá-la, vira naqueles olhos castanhos escuros algo de negro. Tinha claramente estado a chorar, ali, sozinha. E o motivo para o choro era verdadeiro, denso e derradeiro. Sabe há muito que só está ao alcance de poucos conseguir que o som descole da imagem fria e árida que atormenta a alma. Preparou-se.
"Olá Sofia! Vou andando minha filha... vou andando!" - disse esquivando-se e, curiosa com aquele olhar, perguntou-lhe num tom apaziguador cujo alcance conhecia bem - "Que fazes tu aqui sentada? Está tudo bem? Passa-se alguma coisa, minha flor?" Ela respondeu soltando uma gargalhada nervosa e voltando a si "...nada que não se resolva..." - aplicando agora um riso composto, em que o som e a imagem mantinham a distância coerente, acrescentando com um laivo sombrio - "...embora eu ainda não saiba como, mas pronto!" "Minha filha, há sempre uma solução... por vezes o nosso coração atrapalha, outras vezes é a nossa cabecinha... mas o que não falta para aí são soluções" – Dora resolveu-se a tentar adivinhar ali uma crise conjugal. "Se fosse assim tão simples…" - disse-lhe Sofia, desviando o olhar - "...não tenho bem a certeza de que enfeitar aquilo que me assola resolva alguma coisa..." - movendo suavemente a cabeça e devolvendo um olhar de afirmação numa cara sorridente - "...é bem capaz de deixar tudo pior". “Desculpe, perdi-me aqui um bocadinho… talvez não seja uma desculpa decente, mas isto é defeito e feitio ao mesmo tempo” refere Sofia, em tristeza e percebendo em si uma ingratidão. “Vejo-te nervosa minha filha…quando estamos nervosas não dizemos o que queremos… É o nervosismo a falar! E quando é ele a falar a razão deixa de ouvir”
“Sim, tem razão! Estou nervosa e tenho de me acalmar…” “…não há nada que não se resolva minha filha! Todos temos dias, períodos maus, e nessas alturas queremos muito que venha até nós uma solução. Deus! Nessas alturas imaginamos tudo, pensamos em tudo e no fundo não adiantamos nada.” Cadenciando o tom, de forma a tatear a verdade antes de a ouvir, acrescentou: “Eu não sei o que se passa contigo … Mas sei que se deixas o nervoso falar muito ele vai-te consumir. Tu és inteligente, não precisas de conselhos de uma velha, tu já sabes bem aquilo que te estou a contar…” acaba enviando um sorriso empático. “Dona Dora, obrigado, do coração, obrigado! Mas a minha situação é mesmo muito complicada…Não é como se me saísse a rifa na quermesse do bairro e subitamente tudo ficasse bem…” Dora ri-se, sabe que quando a vida escurece o humor fica paradoxalmente melhor “Desculpa rir-me minha filha! Lembras-me quando tinha a tua idade e todos problemas pareciam os Caretos do entrudo…Não o são! Aliás todos os problemas têm as suas virtudes mascaradas, nós é que temos de ser corajosas … enfrentá-los e a máscara acaba por cair. Porque já não há razão para ela existir, percebes? “Eu… eu nem sei o que é um careto, nem um entrudo, e neste momento ver virtudes nos meus problemas? Não me parece…” "Mas olha que elas estão lá." "Explique-me então onde está a virtude em ter crescido com um pai bêbado e frustrado com tendência para a violência.... E melhor, como se isso só por si não fosse já matéria para traumas,… Explique-me onde está ela quando vejo a pessoa de quem gosto, e que por acaso me salvou dessa situação. A pessoa que me deu a mão e que amo, estar a desistir da relação...que no fundo é a única coisa que tenho." Raiva, desalento e uma fixação que lhe condiciona a sua verdadeira liberdade é o que Dora vê. Pensando para si que Sofia tem de perceber o básico sobre a condição humana: o amor é a jarra de flores numa casa a cair. Sendo que neste caso, vê com clareza que, mesmo com as rachas aumentarem, as flores são demasiado importantes para Sofia. “Quando eu o vejo, vezes e vezes, a começar a rejeitar-me, a chegar tarde a casa...merda! a não querer estar comigo. Onde é que eu vou ver a virtude? Desculpe Dona Dora, mas não há virtude aqui, e eu sei que a senhora com toda a certeza terá a sua história e quer ajudar-me mas... mas é impossível!” “Uma coisa eu sei… eu não vivo sem ele e não vou estar a abdicar de parte de mim. Quero-o no nosso mundo, um mundo onde aquilo que é ruim murcha depressa, o mundo onde ele é tudo para mim e eu sou… tudo para ele” Sofia começa a revelar toda a sua instabilidade. Instabilidade que Dora, como mulher, conhece bem. O que Sofia parece não saber é aquilo que Dora se resolve a ensinar: uma mulher deve existir tendo as suas emoções como ferramentas e não ser uma ferramenta das suas emoções. “Minha filha… em tempos também eu tive alguém. E esse alguém era tudo para mim, e a vida era realmente bonita ao lado dele” – Dora olha para luz descendente da caixa de escadas do prédio. “Contudo as pessoas mudam, e a mudança traz muitas vezes dor…e se há dor e nos faz mal então o que interessa é o momento, de que valem as memórias?”
Sofia escutava atentamente, enquanto Dora falava com calma de voz decidida e contundente. “Um dia, esse meu amor, disse-me: que tinha tido com duma outra mulher um filho que nunca conhecera e que pretendia deixar-lhe o que tinha em testamento…” “Bem vês que o medo da justiça divina só se sente quando se está perto da morte…E até lhe concedo isso…Contudo, em ironia, ele acabou por morrer precisamente no dia em que se iria encontrar com o advogado para tratar do testamento”. “Sofia minha filha…” Dora passa as mãos pelo pedra dos degraus “ Caiu precisamente nestas escadas e morreu…” “Não é suposto o amor matar-nos… se fosse ele não estava morto” “Como assim, Dona Dora??” pergunta agora Sofia, para alguém que não está ali. “…Desculpa minha filha, não me estou a sentir muito bem. Ia sair, mas acho que vou voltar para casa e deitar-me” “Quer ajuda?” “Não minha filha, nesta vida ajuda quem pode…e tu tens as tuas coisas para resolver”
Dora, encontra-se desarmada, esteve muito perto de confessar. Nunca tinha estado tão perto. Não percebia se era solidão ou empatia ou mesmo identificação com Sofia. Rodou o canhão da fechadura e entrou, desejando novamente “tudo de bom” a Sofia antes de fechar a porta.
Já em casa, ajusta levemente o napperon, pega na foto de casamento, e diz para si baixinho: “aquele empurrão serviu-nos aos dois…não é, meu amor?”
submitted by Alfre-douh to escrita [link] [comments]


2019.07.15 00:58 ederribeiro O curioso caso de você

Oi pessoal! Sou novo aqui no sub. Gosto muito de ler e às vezes escrevo alguma coisa. Comecei a escrever este texto em 2016 e ficou guardado desde então. O encontrei faz pouco tempo e resolvi mexer um pouco e publicar (https://medium.com/@ederrf/o-curioso-caso-de-voc%C3%AA-efbc470ced3d). Apesar de escrever por hobby (e muito raramente) quero evoluir e estou seguro que aprenderei muito por aqui!
----

Você abre os olhos. Tudo dói muito. Olha ao redor, está deitado. Não reconhece o quarto nem a cama. Algo se move no canto do olho, há outra pessoa aqui. Com uma voz doce comenta como você dormiu pouco e te pergunta como se sente. Por não saber se a condição de dor é ou não a norma você sinaliza que está tudo bem. Você tem sede, mas não consegue expressar isso. Não há voz. Insiste ao máximo, um máximo que suspeita ser muito pouco. Mergulhado em sede, cansaço e frustração adormece novamente.

Você abre os olhos. Levanta da cama. É uma cama grande, feita para dois, mas ocupada só por um. Vai ao banheiro e lava o rosto. Caminhar demanda um esforço grande, mas você se lembra que era pior quando não conseguia nem sair da cama. Toma café e come uma torrada. Fica com a impressão que comer deveria ser mais prazeroso, talvez um dia seja. Se senta ao lado do telefone, há alguém com a qual lhe agrada conversar. A espera é grande, o telefone não toca, você adormece novamente.

Você abre os olhos. O sofá não é aquele que escolheram juntos, essa não é sua sala. Sai para a rua, há uma padaria próxima. O café é ruim, o que ela faz é melhor. Sente saudades de casa. Saudades do trabalho também. Sem nada para fazer, segue caminhando após o café. Para para descansar em uma praça. A perna dói um pouco. Deveria ver um médico sobre isso, mas não hoje. Tira uma garrafa de metal do paletó e vira um pouco da bebida na garganta. Se embriaga e dorme no banco da praça.

Você abre os olhos. A vê sentada na cama ao seu lado. Ela fita a janela, não há nada lá. A presença dela te incomoda, mas a ela você incomoda muito mais. Bebe um suco e come um biscoito como café da manhã. Tem saudades do café que ela já não te faz mais. Sai para trabalhar. A aposentadoria está próxima e você não vê a hora. O trabalho não te traz prazer algum e você também não traz benefício algum para a empresa, mas ainda assim sai tarde do trabalho. Chegar cedo em casa deixa mais tempo para discussões, é melhor ir ao bar. O plano é só chegar em casa depois que ela estiver dormindo. Você chegará e dormirá também. Dormirá em sua cama e não naquele sofá desconhecido.

Você abre os olhos. Vira na cama e espera ela acordar. Um “bom dia”, um beijo e um “eu te amo”. É assim que você faz com que o dia dela comece. Brigas acontecem, mas não é assim com todo casal? Começar bem o dia é o que importa. Nada pode nos separar. Depois do café é hora de ir para o trabalho. Reuniões. Relatórios. Conferências. E-mails. Fim do dia, hora de voltar para casa. Sua filha te liga para avisar que melhorou da gripe e que o marido dela foi promovido. Você pensa no neto que ainda não tem, mas prefere não tocar novamente nesse assunto agora. Depois do delicioso jantar vem o sono. Hoje foi um bom dia.

Você abre os olhos. Dormiu pouco. Sua filha saiu para uma festa e só chegou tarde da madrugada. Não há como dormir sem saber que ela está de volta em casa e em segurança. Por mais que sua esposa não deixe de comentar que seu futuro genro é um rapaz responsável, ninguém protege melhor uma filha que um pai. Sua única filha é seu maior tesouro. É sua maior razão de viver. É um amor que quatro letras fazem pouco para representar. E era ela que estava com você no fim.

Você abre os olhos. Foi só um cochilo. Uma mulher não fica grávida sozinha, o pai, se presente, também está grávido. O tempo parece passar mais rápido agora. O casamento foi há pouco tempo e agora falta pouco para que a família se concretize. É menina, vocês já sabem. Às vezes, quando dorme, você sonha. Sonha com a escuridão. Uma escuridão constante e longa, calma e angustiante. A consciência do nada é o que há de pior para se encarar. Quando acorda desses sonhos em geral se lembra de algo que ouviu “o que vem antes do início não é diferente do que vem depois do fim”. Alguém te contou isso. Em um sonho ou fora de um.

Você abre os olhos. Está de ressaca. Fica feliz de perceber como tudo é melhor agora. Come o que quiser, bebe o quanto quiser, o corpo aguenta tudo. Nem sempre foi assim. Por outro lado os amigos de agora são o mais “para sempre” que jamais foram. Eles são hoje mais do que foram antes. Por que nos separamos tanto? Se precisasse de um sofá para dormir hoje teria dez à sua disposição e não apenas um. Carpe diem. O que importa é o agora. Hoje dormirá tarde, ou nem dormirá, a noite não acaba quando se tem amigos.

Você abre os olhos. Sempre acorda bem. Você acha justa a troca das responsabilidades do passado pela inconsequência do agora. Seus pais pegam no seu pé, mas você compreende. Sabe o que é ser um pai. O que é preocupar com um filho. As reflexões de antes são diferentes de agora. Hoje, pela última vez, você viu aquela que foi sua esposa. Você compreende que o tempo passa diferente, que sua ampulheta está mais para lá do que para cá, mas não sente medo.

Você abre os olhos. O mundo parece maior que antes. A cada dia ele cresce mais e você fica menor. Menor e mais leve. As emoções de agora são mais simples. Sua missão está cumprida, seu tempo está acabando e você está em paz com isso. Criança e velho num mesmo corpo. Cada volta do relógio traz a escuridão mais para perto. A concepção está próxima e depois dela você virará imaginação, sonho e desejo. E depois isso também acaba. Escuridão é o que restará, você será parte dela. Assim como é antes do início e será depois do fim.
submitted by ederribeiro to EscritoresBrasil [link] [comments]


amo você Eu Te Amo mais linda declaração de amor - YouTube Zezé Di Camargo & Luciano ● Leva Minha Timidez ● LP 1992 Noiva cantando Te amo da Bruna Karla no casamento - YouTube Porque Eu Te Amo - YouTube Eu Te Amo, Cara 2009 Trailer Dublado Felipe Araújo - Como Eu Te Amo / Tudo De Novo - YouTube EU ME CASEI / CASAMENTO NA PANDEMIA Comic te odeio mais eu te amo #25 pedido de casamento?? Eu te Amo - A Mais linda música Gospel Romântica - YouTube

Eu Amo Casamento O que pode atrapalhar os preparativos ...

  1. amo você
  2. Eu Te Amo mais linda declaração de amor - YouTube
  3. Zezé Di Camargo & Luciano ● Leva Minha Timidez ● LP 1992
  4. Noiva cantando Te amo da Bruna Karla no casamento - YouTube
  5. Porque Eu Te Amo - YouTube
  6. Eu Te Amo, Cara 2009 Trailer Dublado
  7. Felipe Araújo - Como Eu Te Amo / Tudo De Novo - YouTube
  8. EU ME CASEI / CASAMENTO NA PANDEMIA
  9. Comic te odeio mais eu te amo #25 pedido de casamento??
  10. Eu te Amo - A Mais linda música Gospel Romântica - YouTube

Casamento mais lindo que você já viu - Casamento Brunnella Romance/Buddy movie ‧ 1h 45m Quando o dia de seu casamento se aproxima, Peter Klaven percebe que não tem um grande amigo para ser seu padrinho. Em sua procura por um candidato, ele conhece ... Comic te odeio mais eu te amo #25 pedido de casamento?? My Lady ... Miraculous comic Maricat amor secreto#7 noite romântica pedido de namoro ... Comic te odeio Mais eu te amo #13 queen bee e cat ... As músicas 'Como Eu Te Amo' e 'Tudo De Novo' faz parte da Primeira Metade do DVD 'Por Inteiro' Inscreva-se no canal: http://bit.ly/Inscreva-seFA Ouça agora: ... Eu queria dizer tantas coisas mas por onde começar te falar do meu amor Quantas vezes ensaiei a mais linda declaração pra te dizer mas na hora eu não consigo me perdoa por favor e que eu ... Eu te amo muito mais do que sabia Eu te quero muito mais do que devia Não sou frágil, amor, mas é muito difícil suportar A emoção e essa vontade de te amar Quando eu liguei, perdão, eu não ... Mais linda e perfeita declaração de amor para namorado e namorada, maia limda declaração de amor do mundo Melhor declaração de amor para namorada e pro namor... ️----- ️----- ️----- ️ NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER para receber por primeiro os vídeos postados! DEIXE SEU LIKE pa... Provided to YouTube by Universal Music Group Porque Eu Te Amo · ANAVITÓRIA O Tempo É Agora ℗ 2018 Universal Music International Released on: 2018-08-03 Produ... ME CASEI hoje com a pessoa que eu mais amo. Acompanhe ai.. Desafio dado e desafio aceito. Gostaria de começar já pelos meus votos de casamento. É quero começar te pedindo perdão, perdão por ...